sexta-feira, 17 de junho de 2011

E o palhaço, o que é?

De duas sensações que me marcaram muito, uma delas foi a minha experiência em participar de um retiro (ou quase isso) de clown.

Desde então, tento formular algo para que essa experiência transforme ainda mais o meu fazer teatral. Inevitavelmente alguma coisa ficou, mas preciso ter um espetáculo-solo com ele, o Lango-Lango, pois que esse círculo/fase ainda não se concluiu.

Estímulos não faltam. Dia desses um sinal de fumaça do país de Mossoró indicava um alvo. Outro, recebi um e-mail avisando-me de um curso com o Fernando Vieira, na Cia. Luís Louis (SP). Inscrevi-me.

O país de Mossoró que me aguarde. A reinvenção é estimulante.

E a cena muda, clownesca, transformar-se-á em espetáculo dramático.

Lango-Lango em sua primeira saída, na praia de Itapuã - BA

2 comentários:

Luciana Duarte disse...

Que coisa mais linda!

Cia. A Máscara de Teatro disse...

então posso esperar uma visita para trabalhar nosso clown? (jeyzon Leonardo)