domingo, 15 de dezembro de 2013

Os números não vendem

Enquanto aguardamos o encerramento da estreia estadual de Velhos caem do céu como canivetes, que acontecerá nesta terça (18h30 e 20h30) e quarta (19h), em Imperatriz (Teatro Ferreira Gullar), faço um exercício matemático e apresento os números  de Pai & Filho, após o encerrarmos do projeto Viagem Teatral, do SESI, que visitou as cidades de São Bernardo do Campo, Botucatu, Rio Claro, Franca, Marília, Piracicaba e Campinas, no estado de São Paulo.

O espetáculo sustenta 3 anos e 8 meses de trajetória desde sua estreia em abril de 2010. Prêmio FUNARTE de Teatro Myriam Muniz 2009 e 2010, Palco Giratório 2012/SESC e Viagem Teatral 2013/SESI. Foram 109 apresentações e seus respectivos debates para um público de 8.001 pessoas. 56 cidades visitadas de 19 estados brasileiros – MA, PI, CE, RN, PE, AL, BA, AP, PA, TO, MT, ES, RJ, SP, RS, SC, PR, MG, RO. Estados como Alagoas (4 cidades), São Paulo (10 cidades), Santa Catarina (7 cidades) e Rio Grande do Sul (5 cidades) foram percorridos com maior intensidade e profundidade, além do Maranhão (8 cidades), claro. Atenção produtores de plantão: ainda faltam Amazonas, Sergipe, Paraíba, Goiás, Mato Grosso do Sul, Roraima, Acre e o Distrito Federal. Participamos de 30 festivais ou mostras de teatro. Atenção curadores de plantão: ainda faltam um monte! O espetáculo se apresentou em 44 teatros e 17 espaços alternativos e 97 récitas foram gratuitas. Em 2014 Pai & Filho retornará à sua terra natal e fará temporada regular na sede da Pequena Companhia de Teatro para que o espectador ludovicense possa prestigiá-lo – das 109 apresentações, apenas 5 aconteceram em São Luís. As apresentações farão parte da programação do projeto TETRALIDADES, Prêmio Myriam Muniz 2013, que contempla temporada regular do repertório, oficinas, leituras dramáticas, fóruns etc. O que me leva à indagação final: não fosse a trajetória nacional de Pai & Filho, haveriam 8.001 espectadores em São Luís dispostos a assisti-lo ou o espetáculo morreria na estreia? Respondam durante as apresentações que faremos em 2014.




5 comentários:

Fernando Yamamoto disse...

Nem em SLZ, nem em cidade nenhuma, meu caro...

Marcelo Flecha disse...

É, Fernando... Não está morto quem peleja!

antoniovitch disse...

Eu vou uma 10 vezes, ahahahaha

Hamilton disse...

Ainda pensando em números, seriam então 10 apresentações no TAA!? Todas lotadas!? Que temporada!

Marcelo Flecha disse...

Pois não é, Hamilton! Lotar três de cem na estreia de Pai & Filho aqui já foi um trabalho hercúleo!