domingo, 30 de setembro de 2012

A nova sede da Pequena Companhia de Teatro

 

“O problema da herança em vida é testemunhar o mau uso dos herdeiros”. Enquanto cunhava a frase, pensava no momento mais importante da minha carreira. A foto do prédio aí em cima é a nova sede da Pequena Companhia de Teatro. Em janeiro completo quarenta e cinco anos. Mais de vinte e cinco dedicados ao teatro. Com pouco menos dessa idade, meu pai chegava a Balsas, oriundo de Buenos Aires. De lá para cá ele soma mais de trinta e cinco anos de trabalho. Tenho outra frase que diz, “É uma relação de amor e ódio. Tudo o que tenho foi o teatro que me deu, porém, tudo o que não tenho também foi o teatro que me deu”. Agora, tenho tudo o que o teatro me deu, e o que o teatro não me deu, meu pai se encarregou de dar. Segundo ele, é de direito, por todos os anos dedicados de sacrifício e de trabalho. Papo para boi dormir. Minha contribuição para esse patrimônio soma alguns períodos na frente de um forno, uns dias atrás de uma plantadeira ou perseguindo uma colheitadeira, um frango vendido aqui, um boi perdido acolá (piada interna). Talvez, a principal contribuição tenha sido não consumir nada desse patrimônio nestes últimos dezessete anos vividos exclusivamente de teatro. Hoje, a recompensa, que, para mim, nada mais é do que o maior presente que um pai pode dar para um filho: a realização de um sonho. Apesar da jocosa frase que abre esta postagem, vejo no semblante do meu pai uma profunda e sincera alegria. Mesmo sabendo que, para ele, o melhor destino para o prédio seria uma bela pizzaria!

9 comentários:

Jorge Choairy disse...

Pai & Filho.

TonySilvaAtriz disse...

A sua felicidade também é a minha,voce tem pai e que comprendeu e quem não tem e que nunca entendeu esse jeito meio torto de viver de sentimentos.Tenho muito orgulho de voce ter entrado na minha vida.VIVA AO TEATRO e tudo que ele dar e o Que ele tira,para entender melhor esta cena.I ATO de uma longa historia de amor e odio.Amo Voces.

Cláudio Marconcine disse...

seu pai está certíssimo, para variar. vamos comer pizza.

diariodoandre.com disse...

Uma boa pizzaria não sei se cabe, mas uma área de cafezinho pra ler bons livros à tarde pode rolar (tu deves tá pensando nisso, que eu sei). Beijo! Muita felicidade mais pra Pequena Companhia!

Carolina Graça Mello disse...

não vai faltar pizza! aê, parabéns =)

Eu disse...

Aos integrantes da Pequena Companhia de Teatro desejo: SUCESSO!
Agora, nao diferentemete de ontem, o desafio continua..
Esforco e reconhecimento é consequencia do que esta acontecendo e da ardua labuta de ontem...

o terreno agora é seu, é de voces é nosso..entao plante, pinte e borde... e aguarde os frutos dessa arvore fertil e jovem que é a Pequena Companhia de Teatro. Parabens a todos pela conquista!
e, que venham as pizzas! :)

Ysmaell disse...

Estou cursando Artes Cênicas Cacem-Ma. Gostaria muito participar de algum grupo.

Hamilton disse...

Que bela casa! Parabéns Marcelo! Parabéns a todos! Que vocês possam sempre mantê-la de portas abertas. Vida longa e próspera à Pequena Companhia!
Pizza na inauguração? Gostei da idéia!

Lio Ribeiro disse...

o "parabéns!" eu já tinha dado. entonces... vamos à pizza!!! (adoro as pizzas do teu pai!!! kkkkkkk)