domingo, 20 de março de 2011

Rumo certo

.
Santa Inês. Belém e Marabá. Parnaíba. Araguaína e Palmas. Fortaleza, Sobral, Mossoró e Natal. Timon e Teresina. Doze cidades, dois atores, uma produtora, um diretor e, agora, una Fiesta. Pai & Filho está prestes a cair na estrada para executar o projeto de circulação contemplado com o Prêmio Myriam Muniz 2010.
.

Circular com um espetáculo é o desejo final de qualquer companhia, e, por consequência, de qualquer artista de teatro. No meu caso – já tive oportunidade de circular os quatro cantos do país – a novidade será a independência no transporte de carga. Nosso veículo transportará os quatro membros da companhia e os cenários, gerando uma praticidade que até agora nunca experimentei. Só a tranquilidade de não ter que torcer para que o cenário chegue a tempo já é uma vitória. Lembro de uma apresentação do balé “Terra Basilis”, em Brasília, quando dois caminhões tombaram na estrada, um de cenários, vindo de São Luís, e outro de iluminação vindo de São Paulo. Eu era o responsável pela montagem – imaginem a aflição – mas tudo correu bem. Agora, como estamos acoplando um reboque ao carro, esperamos menos sobressaltos.


Fico torcendo para que a felicidade dos meus pares seja tão intensa quanto a minha: viajar, montar, apresentar, oferecer oficinas, debater, desmontar, jantar, rir, dormir, acordar, dirigir, é tudo o que quero(emos). Nossa sorte é refém do nosso trabalho. Nosso trabalho é refém do nosso desejo. Nosso desejo é refém da sorte.

10 comentários:

XICO CRUZ disse...

detesto ver esse rotéiro, açailandia nunca tá, ódio, ciúmes, raiva... enfim hehehehehe...

Marconcine disse...

vc esqueceu dos verbos tomar, sorver, beber...

outra coisa, é que agora, se o cenário tombar, tombamos todos nós...

Marcelo Flecha disse...

(Gargalhadas) Mas não terei a angústia da espera!! E você, Xico, não fique assim, no prjeto de "Velhos Caem do Céu como Canivetes" Açailândia já está incuída! (risos)

Cia. A Máscara de Teatro disse...

Ao contrario do amigo Xico,estamos muito felizes,pois o pais de Mossoro esta no roteiro desta pequena grande companhia,.Queremos saber qual a data do encontro.O carro novo e muito chique.Beijos a todos .Tony

Flavia Teixeira disse...

Evoé!!!!!!!!!

Elizandra disse...

Toda a sorte do mundo para o desejo da Grande Pequena Cia. de Teatro!

bj!

TonySilvaAtriz disse...

Esta pequena esta ficando grande.Estou muito feliz com avinda de voces ao meu pais -Mossoro.Sejam todos muito bem vindos.Beijos.

E. E. C. Estevam Dantas disse...

Sempre presente, embora muitas vezes sem palavras.Tenho plena certeza que a felicidade é intensa para todos que fazem a cia, pois estar junto no tombo ou não(rsrsrsrs, Querido professor quero todos inteiros combinado?) é uma deliciosa celebração! Amo vocês! Saudade!

Luciana duarte disse...

Mensagem acima escrita por Luciana Duarte.

Marcelo Flecha disse...

Nossa sorte é ter todos vocês do outro lado desta página e no coração da pequena! Obrigado pela força!