domingo, 13 de março de 2011

Grotowski à milanesa

.
Blog é que nem tamagotchi, se não alimentar morre. E não adianta encher ele de porcarias, uma alimentação saudável é fundamental para o seu desenvolvimento. O nosso tem alimentação balanceada à base de teatro, apesar de pensar neste espaço sem engessamento ou receita. Não necessariamente falamos de teatro. E sempre falamos. É que a arte está em tudo o que nos cerca e o teatro é o liquidificador desse entorno, por isso, gerar restrições num blog sobre teatro seria indigesto. Normalmente este faminto blog recebe comida duas vezes por semana – eu disse normalmente. Às quinta é Cláudio que o alimenta e aos domingos eu. As guloseimas ficam a cargo dos comentários de amigos que insistem em permanecer fiéis ao compromisso de não me largar sozinho aqui – neste caso falo por mim, apesar de não crer que Cláudio se farte sozinho. Sobre Jorge e Katia já falei antes aqui. Para mim, alimentar este blog tem sido um exercício extremamente conflituoso. Uma reeducação alimentar que depende de disciplina, paciência e dedicação, apesar de nem sempre termos o que pôr na mesa. Às vezes a congestão vem com a leitura do texto que escrevi na semana anterior. Principalmente se, pretensioso, quero preparar algum banquete. Quando tempero com umas pitadas de humor, quase sempre fico rindo sozinho. É que, como gourmet, sou melhor escritor e, como escritor, sou melhor gourmet. Hoje, por exemplo, a comida está ralada... Desempenho melhor papel como leitor e comensal.
.

9 comentários:

Cláudio Marconcine disse...

sua opereta é a mesma que presentifico. relaxa. mesmo um silêncio, um vazio, diz muito. diga sempre, então.

Flavia Teixeira disse...

Sempre passo por aqui.
Não deixem de escrever! Pelos que passam!
E tira logo Claúdio de lá!rs

CAIRO MORAIS disse...

EU SOU UMA GULOSEIMA... não comento, mas sou... estou sempre por aqui (e não é a globo). E não liga para o Cláudio, ele é um clown...rsrsrsrs.

Sandro Fortes disse...

Blog é um vício solitário... Daqueles que fazem nascer espinhas na cara ou crescer pêlos nas palmas das mãos. Ainda mais quando escrito por várias mãos... rsss. Tou de olho em vocês!

Marcelo Flecha disse...

Que alegria! Só degustadores de bom paladar! (risos)

XICO CRUZ disse...

Meu grupo também tem um blog e siceramente não damos conta de aliementar, falta de disciplina mesmo. Eu tenho um blog de poesias e lá alimento quando escrevo algum rapisco que chamo de poético, mas sei exatamente de que conflitos vc fala, sinto isso, sinto ser comida rsrsrs.

Danielle Almeida disse...

Adoroooo... Só assim eu mato a saudade e posso refletir nesses textos que quanto mais leio, mais dá vontade de ler, confesso que estava bisbilhotando bastante, mas hoje decidi comentar!!!

BJss,

Saudades de você

Dani Almeida

Marcelo Flecha disse...

Danielle, querida, que alegria saber que você está por aqui. E saudades também! Nas últimas vezes que estive em Mossoró não tive a oportunidade de lhe ver... apareça!

Elizandra disse...

Comemos até quando a comida está ralada... rsrsrsrs! Adorei o termo! Bjs!